Cine Lume - São Luís

Atualizado em 22/12/2015
Whatsapp


Cine Lume - São Luís
Cinema Cultural em São Luís
DATA de INAUGURAÇÃO: Dia 31 de Janeiro 2013
Onde: Rua Colares Moreira, 65075-800, Renascença 2


22/12/2015 - Cine Lume anuncia que vai fechar em breve

Por motivo alheios a nossa capacidade, o Cine Lume não tem mais como continuar funcionando sob nossa direção se não houver apoio real de alguma empresa ou instituição. Dificuldades pessoais levaram-me a decidir pelo seu futuro e breve fechamento. Para quem quiser adquirir o espaço, ou se alguma empresa se interessar pelo mesmo, a Lume passa o espaço, que tem apenas 3 anos de existência. O cinema tem capacidade para 54 lugares, todo aparelhado, poltronas novas, ar condicionado, som digital 5.1., localizado em bairro nobre no Renascença 2, em Centro Comercial localizado em Prédio Novo, São Luís. Quem quiser e se alguém quiser entrar em contato, pode ser via inbox. Os gastos são altos, o público baixo para o tipo de filme que acreditamos e exibimos, o desinteresse permanente.

Meu trabalho como exibidor de cinema em São Luís provavelmente chega ao fim. Acredito que tenha contribuido, mesmo que minimamente, para o engrandecimento da cultura cinematográfica da cidade. Os tempos são outros. Quando comecei havia uma magia, uma inocência no mercado, um sonho por trás de todo projeto. Atualmente, vejo que cresci e sinto que essa magia e o comprometimento que ainda tenho com essa arte está bem distante das outras pessoas do meio, principalmente nessa cidade. Realmente o momento é decepcionante.

Estaremos funcionando enquanto não fecharmos o negócio com outra empresa ou com o próprio prédio. Vamos terminar como começamos a nossa trajetória: trabalhando e honrando nosso ideal e compromisso. Que é ser coerente com nossas convicções, sério e honesto com os distribuidores e com o nosso público, e respeitando o tipo de cinema que a gente acredita. Agradeço a todos os amigos nesse momento turbulento em que passo. Aos funcionários que trabalharam conosco. Os parceiros distribuidores. E a imprensa que ajudou sempre e que sabe de nosso esforço e de nossa paixão. A única salvação para o projeto Cine Lume é termos algum tipo de apoio. O que nunca houve.

Quanto a Lume Filmes, ela continuará forte, com projetos de produção, distribuição e também exibição, muitos deles fora de São Luís.

Com grande pesar diante dessa nova perda, que acredito seja também para a cidade.


Frederico Machado


Sessões:
16hs, 18hs, 20hs e 22hs

Preço de Ingressos:
R$ 20,00 Inteira
R$ 10,00
(Meia-Entrada para Estudantes, Idosos e Professores)

Telefone:
(98) 3235-4860

Filmes em Cartaz:

 


 Objetivo deste Cinema Diferenciado:
Ponto de Encontro de Cinéfilos
Debate da Cultura Cinematográfica Maranhense
Cinema de Arte
Cinema Europeu
Cinema Nacional (Brasileiro)
Filmes independente e de qualidade

Estrutura:
Salas acústica de cinema
Padrão internacional
Cinema pequeno e charmoso
Bem localizado
Estacionamento
Cafeteria ao lado
Praça de alimentação
Segurança
Programação diferenciada e especial
Projeção e som de altíssima qualidade


VIDEO - Reportagem sobre o Cine Lume - Jornal O Imparcial
Site: www.cinelume.blogspot.com
Facebook: www.facebook.com/cinelume

Proprietário do Cinema:
Frederico Machado
Lume Filmes

Distribuidora, produtora e exibidora localizada em São Luís - Maranhão. Produziu diversos curtas-metragens, vídeos, programas de televisão, documentários institucionais, além de organizar o Festival Internacional de Cinema do Maranhão, a Mostra Cine São Luís e o Festival Internacional LUME de Cinema. No mercado de distribuição, tem em seu acervo já mais de 160 títulos importantes lançados no mercado de DVD no Brasil e mais de 30 títulos adquiridos para lançar nos cinemas. Para 2012, prepara o seu primeiro longa metragem - O Exercício do Caos - a abertura do Cine Lume e o II festival Internacional LUME de Cinema.


Onde Tem Cinema, Tem Kamaleao!

Denúncia de fraude do Cine Lume no Blog Marrapá
26/02/2015
O cineasta Frederico Machado, filho do poeta Nauro Machado, fraudou a Lei Estadual de Incentivo à Cultura: ele recebeu retroativamente 149 mil reais para realizar um festival que já havia acontecido oito meses antes numa dimensão muito menor do que a proposta do projeto cultural aprovado.

Frederico Machado, proprietário da Lume Filmes (Frederico da Cruz Machado – ME, CNPJ 03.553.092/0001-25), aprovou o projeto cultural “III Festival Lume de Cinema”, na Lei Estadual de Incentivo à Cultura, Lei. n° 9.437, no dia 05 de julho de 2013, sendo autorizado a captar até R$ 392.414,55 (trezentos e noventa e dois mil e quatrocentos e quatorze reais e cinquenta e cinco centavos).

Frederico não conseguiu captar estes recursos em tempo hábil, mas, mesmo assim, realizou o “III Festival Lume de Cinema” entre os dias 26 de novembro e 01 de dezembro de 2013. O evento aconteceu de forma independente e numa dimensão muito inferior do que foi proposto no projeto cultural: poucas exibições, sem premiações em dinheiro, sem passagens ou hospedagens para os cineastas selecionados, sem oficinas gratuitas para o público e todos os ingressos foram cobrados, tanto no cinema privado, Cine Lume, de propriedade do próprio Frederico, quanto no cinema público, Cine Praia Grande, também administrado pelo cineasta. As marcas do Governo do Estado do Maranhão e da empresa patrocinadora em nenhum momento foram vinculadas durante o evento.

Em 2014, ainda com o certificado cultural do “III Festival Lume de Cinema” em mãos, Frederico Machado captou R$ 149.911,35 (cento e quarenta e nove mil, novecentos e onze reais e trinta e cinco centavos) com a empresa patrocinadora Raízen Combustíveis S/A, CNPJ 33.453.598/0001-23.

No dia 04 de junho de 2014, Olga Maria Lenza Simão, então Secretária de Estado da Cultura, e Frederico da Cruz Machado, assinaram o termo de compromisso e o valor acima citado foi liberado.

Frederico Machado apropriou-se indevidamente do erário e fraudou a prestação de contas do projeto cultural “III Festival Lume de Cinema” na Secretaria Estadual de Cultura.

Não se sabe como e onde este valor captado foi aplicado, já que não houve edição do Festival Lume em 2014.

Beto
24/12/2015
Pra VC ver como são as coisas encheu o bolso a nossas custas pois foi um dinheiro público e fica chorando miséria e ainda diz(nesta cidade)d forma irônica e q foi através (desta cidade)q VC encheu seu bolso

Comentar

<%PostCommentPage%>
OBS.: Para receber notificação de cada atualização o siga o Kamaleao no Facebook e no Twitter @Kamaleao
Todos os Eventos Anterior · Próxima