Principal | Agenda de Festas | Produtoras | Autorização para Menores | Lei da Meia-Entrada | Chat | Anuncie | Filmes | Whatsapp


PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS
Prefeito: Edivaldo Holanda Júnior - PTC
Vice-Prefeito: Roberto Rocha
Duração do Mandato: 2013 à 2017



CONCURSO - EMPREGO - VAGA
8 VAGAS - Auditor de Controle Interno da Prefeitura:

6 vagas - Auditor de Abrangência Geral
1 vaga - Auditor de Tecnologia da informação
1 vaga - Auditor de Engenharia Civil
1 vaga - Auditor de Engenharia Elétrica

Salário: 
R$ 9.971,56

Inscrição via Internet:
Dia 12/05/2015 (10 da manhã) à 12/06/2015 (14h00)
www.concursosfcc.com.br/concursos/pmsla114/index.html

Telefone - Informações:
(11) 3723-4388

Valor da inscrição:
R$ 200

Download:
Edital nº 001/2015 - Diário Oficial do Município, nº 84, de 06/05/2015

Prova:
Dia 19 de julho 2015
(objetiva, discursiva e avaliação de títulos)
 


Telefone da Prefeitura de São Luís:
(98) 3212-8000 - Gabinete Geral
(98) 9166-0048 - Secretário de Comunicação


 

 


VIDEO - Discurso na Íntegra da Posse do Prefeito Edivaldo Holanda Jr


Posse do Prefeito Edivaldo Holanda Jr e Vereadores

FOTOS  da Posse do Prefeitura - Edivaldo Holanda Jr

  

 



Logomarca Antiga - Gestão João Castelo 


vanusa
5/08/2011
fui sorteada no minha casa minha vida e agora nao sei o que fazer se vão chamar ou se tenho que correr atraz.me a judem por favor
vanusapedagoga@gmail.com
Juarez Araujo Pavão
8/09/2011
Próximo Texto | Índice | Comunicar Erros

Turista enfrenta 'via-crúcis' e o abandono na capital maranhense

Centro de São Luís tem casarios do século 19 em ruínas e ruas esburacadas e mal iluminadas

Cidade, que completa 399 anos hoje, recebe 2 milhões de visitantes/ano, mas não conservou o seu centro histórico

Carolina Costa/Folhapress

Casa perto do Mercado Central, cujas janelas estão vedadas com tijolos

CAROLINA COSTA
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Viajar para a cidade de São Luís é exercício de devoção. A capital do Maranhão, que recebe cerca de 2 milhões de turistas anualmente, maltrata aquele que se aventura por suas calçadas históricas.
De casarios quase ruindo a ruas esburacadas e inseguras, o descaso se torna mais impressionante se lembrarmos que a cidade completa 400 anos daqui a 12 meses, em 8 de setembro de 2012.
A via-crúcis começa no embarque: preparado para longas horas de voo, não raro com escalas, o turista chega à capital maranhense num aeroporto com instalações improvisadas, consequência de uma obra que começou em março deste ano e não dá sinais de que vá acabar logo.
Biombos fazem as vezes das paredes e um toldo plástico cobre a sala de embarque, onde as pessoas se apinham sob um calor que facilmente ultrapassa os 30°C nessa época do ano.
O "devoto" que se arriscar a conhecer o centro histórico verá cenas de ainda maior provação. Boa parte dos casarios dos séculos 18 e 19 está caindo aos pedaços.
Sem segurança, mal iluminadas e cheias de buracos, as ruas ficaram perigosas. Azulejos franceses e portugueses praticamente só são vistos em suvenir -isso se o turista encontrar uma loja aberta no centro, uma vez que o comércio segue o suplício.

'QUE CAIA DE PODRE'
"Isso aqui está numa desolação de dar pena", comenta Antonio França, pescador e morador da cidade. Segundo ele, muitos casarões são particulares, e os donos não fazem questão de arrumá-los.
"Fecham portas e janelas e querem que o negócio caia de podre", conta ele.
A observação não passa despercebida dos turistas. Em viagem com a mulher e o filho, o brasiliense Erasmo Rodrigues Fernandes comenta: "É lamentável que um homem culto e inteligente, nascido aqui, que foi presidente da República. governador e que é presidente do Senado, deixe sua terra natal nessa degradação".
Dinheiro não falta: o Maranhão lidera a lista de Estados destinados a receber recursos do Ministério do Turismo, pasta nas mãos do maranhense Pedro Novais (PMDB).
Só de convênios já assinados neste ano, o Estado já foi beneficiado com R$ 22,8 milhões, segundo informa a assessoria de imprensa do Ministério do Turismo.
Para efeito de comparação, o Rio de Janeiro, sede da Copa do Mundo de 2014, tem R$ 4,3 milhões de recursos em convênios aprovados.
Com a capital do Estado vivendo um martírio, haja fé para crer que esse dinheiro se converterá em uma cidade mais piedosa com seus moradores e que não mais excomungue seus turistas.



Próximo Texto: Depoimento: A julgar pela experiência pessoal, hotelaria é precária
Índice | Comunicar Erros


juarezpavao@uol.com.br
Excedente
22/10/2011
Fiz a prova do concurso do hmhm passei e fiquei como excedente e nunca fui chamada. Então, prefeito, chame o pessoal! A saúde de são luis está um caos, precisa de mais profissionais na area da saúde.
juhsantosaires@gmail.com
Ivoneide Borges
30/03/2012
É muito triste ler comentários negativos sobre São Luís, a capital do meu estado e que eu adoro, como esse acima da Carolina Costa. Mais triste ainda é constatar que ela está coberta de razão. Estive em São Luis recentemente e percebi que a cidade está abandonada. Nem parece que o aniversário de 400 anos está tão próximo e tão falado. Estão falando em festança mas não estão preparando a casa para receber os convidados. Achava que ia encontrar São Luis um canteiro de obras, mas não vi nada disso, ao contrário. Tem muito lixo nas ruas, buracos, mato!!!! O centro histórico parece uma cidade fantasma, poucas pessoas circulando. Tem ar de coisa antiga e mal cuidada. Coisa antiga, tudo bem, mas precisa de limpeza. A área do Bacanga é um horror, precisa de uma revitalização.A praça onde vendem artesanato (próximo ao centro comercial,não sei o nome) há anos está precisando de melhorias, mas nada está sendo feito. Sr. Prefeito, por favor, cuide da limpeza da cidade, isso também faz parte da sua administração. Mas, se não fêz em três anos, vai fazer agora?
ivoneide_borges@yahoo.com.br

Comentar

<%PostCommentPage%>
Todos os Eventos Anterior · Próxima