Hamilton Miranda em momento de graça ao fazer protesto na Câmara que ele mesmo preside

O esquema Lula/Sarney teve uma das maiores vitórias eleitorais na história recente do Maranhão. Conseguiu eleger Roseana Sarney no primeiro turno – ainda que apertado -, elegeu a maior bancada federal de base governista com pelo menos 13 deputados eleitos e fez a maior bancada na Assembléia Legislativa. Investiu muito dinheiro para isso. Só em Imperatriz, 10 dos 13 vereadores “aderiram” ao esquema, inclusive o presidente da Câmara Municipal que é do PSDB. E é justamente dele que vem uma das frases mais vergonhosas destas eleições.

No programa Imperatriz 24 horas do Conor Farias, o presidente da Câmara Municipal de Imperatriz Hamilton Miranda disse que não entendia o preconceito das pessoas de Imperatriz contra Roseana Sarney. “Será que é porque ela é mulher?” questionou o vereador. E ele disse ainda que saia de casa cedo e chegava tarde todos os dias trabalhando para Roseana; tanto ele como os demais vereadores que “aderiram” ao esquema.

Pois o Entreatos vai refrescar a memória de Hamilton Miranda sobre alguns dos motivos que nos levam a não votar nos Sarney aqui em nossa cidade:

CASO SUDAM/LUNUS – O Ministério Público acusou a governadora de aprovar e facilitar a liberação da Usimar – um projeto de R$ 1 bilhão, classificado como fraudulento. No decorrer das investigações, a PF apreendeu R$ 1,3 milhão em espécie na sede da Lunus, empresa de Jorge Murad, marido da governadora. (O GLOBO);
PETROBRAS/ FUNDAÇÃO SARNEY – A Fundação José Sarney teria desviado recursos de patrocínio da Petrobras para empresas fantasmas e outras da família do próprio senador. Seriam R$ 500 mil transferidos para companhias terceirizadas com endereços fictícios em São Luís, contas bancárias paralelas ao projeto e para emissoras de rádio e TV de propriedade da família Sarney, a título de veiculação de comerciais. (O GLOBO)
ABYARA – A Polícia Federal afirma em relatório que o empresário Fernando Sarney utilizou a residência de seu pai, o presidente do Senado, José Sarney, em Brasília para intermediar negócios da incorporadora Abyara, sediada em São Paulo, com a Caixa Econômica Federal.Segundo a PF, de agosto a novembro de 2007, foram depositados na conta conjunta de Teresa Murad e Ana Clara Sarney (mulher e filha de Fernando) pela Abyara um total de R$ 2,44 milhões. ( OGLOBO)
MANSÃO NÃO DECLARADA – o presidente do Senado não declarou à Justiça Eleitoral em 1998 e 2006 uma casa no Lago Sul em Brasília, avaliada em R$ 4 milhões. O senador comprou a residência em 1997 do dono do banco Safra, Joseph Safra, mas só registrou o negócio em cartório em 2008. (FOLHA DE S.PAULO)
CRÉDITOS CONSIGNADOS – A operação de créditos consignados no Senado é investigada pela Polícia Federal. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, José Adriano Sarney, neto do presidente do Senado, é um dos operadores dos empréstimos consignados. Ele abriu sua empresa – a Sarcris Consultoria, Serviços e Participações Ltda – quatro meses depois de Zoghbi criar a Contact Assessoria de Crédito.
LAVAGEM DE DINHEIRO – A governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), que tenta a reeleição, e o marido dela, Jorge Murad, teriam simulado um empréstimo de R$ 4,5 milhões ao Banco Santos para resgatar R$ 2,6 milhões (US$ 1,5 milhão) depositados no exterior, segundo reportagem publicada no sábado (14) no site do jornal O Estado de São Paulo (Estadão), que teve acesso a documentos do banco.
ESTRADA PAULO RAMOS-ARAME – Roseana Sarney mandou pagar 33 milhões de dólares pela obra na rodovia estadual, mas ele jamais foi concluída.
CASO USIMAR - desvio de mais de R$ 45 milhões que seriam para a instalação de uma fábrica de autopeças em São Luís, que nunca saiu do papel.
 

Cinco dos dez vereadores que "aderiram" a Roseana Sarney

Daria para escrever aqui mais mil linhas de escândalos que envolvem Roseana Sarney e sua famiglia. Mas Hamilton Miranda vai pra TV dizer que não entende “o preconceito” que Imperatriz tem contra essa mulher, pobrezinha. Aliás, pobrezinha não é exatamente uma palavra que se aplique a ela. Mas 2012 está chegando. E a turma dos 10 que apoiou Roseana Sarney vai voltar a pedir votos para vereador, prefeito. E essa que vai ser a hora de encarar o eleitorado preconceituoso de Imperatriz.

Os dez  que “aderiram” a Roseana foram: Hamilton Miranda (PSDB), Fátima Avelino (PMDB), José Carneiro, o Buzuca; Rildo Amaral (PV), Francisco Chagão (PT), Chiquinho da Diferro (PMN), Zé do Creia (PSDB), Joel Costa (PMN), Raimundo Costa (PP) e Raimundo Roma (PSL).
 
 
KAMALEAO: Sinceramente isso é que é chamar o povo de BURRO. Subestimam a inteligência dos Imperatrizenses e ainda querem justificar a PIFIA votação ao fato de ela ser mulher. Se assim fosse não haveriam mulheres na câmara daqui ou nas prefeituras, ou mesmo disputando um cargo à Presidencia (Dilma aqui foi bem votada). A questão é que informação é de graça e chega por todos os meios. Imperatriz é uma cidade bem informada e já tá cozinhada pelas mentiras Sarneysistas e de seus grupos. Com tudo o que foi exposto acima os Senhores vereadores apoiam e ainda defendem a 'branca', sabendo de tudo, mas o poder econômico e a PRESSÃO falam mais alto. Parabéns senhores, 2012 lhes espera!
 

Onde Tem VERDADE, Tem Kamaleao!


Jonas Pereira de Sousa Lima
13/10/2010
Os vereadores de Imperatriz em sua maioria são cooptados pelo grande poderio econômico da ilha de S.Luís,e não há muito o que se discutir em relação aos vereadores de Imperatriz Roseanistas até porque são homens que não gostam de cumprir com as suas promesssas perante a população em grande parte são pessoas semi-analfabetas e vivem na extrema miséria.
Mas a respeito disso isso são questões que serão resolvidas em pouco menos de dois anos,pois jámais se reelegeu vereador de Imperatriz alguém que não faz a política da esmola e do físiologismo.
Até aqui tenho dito!
ass.jonas Pereira de Sousa Lima([email protected])

Comentar

<%PostCommentPage%>
OBS.: Para receber notificação de cada atualização o siga o Kamaleao no Facebook e no Twitter @Kamaleao
Todos os Eventos Anterior · Próxima